Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com.br Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
O ABUSO DE AUTORIDADE, SENADOR “VAGABUNDO” E OS REFLEXOS DAS AÇÕES DOS MINISTROS DO STF Não há mais nenhuma surpresa para os brasileiros sobre os acontecimentos que brotam na Capital da República. Já foi dito que as aberrações realizadas pelos Ministros do STF começariam a refletir pelo nosso grande Brasil tanto na esfera administrativa quanto na esfera judicial. Nesta Quarta feira (12) pudemos testemunhar os delírios do Senador Renan Calheiros e pelo Presidente da Comissão, Senador Aziz ameaçando uma testemunha durante seu depoimento denotando ação criminosa e de abuso de poder. Não se verifica conduta ética e equilibrada dos componentes da CPI para comandar uma comissão dessas. No decorrer da Audiência o Senador Renan Calheiros foi chamado de “vagabundo” pelo Senador Flavio Bolsonaro. A atitude embora deselegante lavou a alma de milhões de brasileiros que conhecem este e outros adjetivos ruins do Senador do Estado das Alagoas. Estamos assistindo também o questionamento da integridade do Ministro Tofolli que foi alvo de delação premiada do Ex Governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral. Os pagamentos foram realizados nos anos de 2014 e 2015 e operacionalizados por Hudson Braga, ex-secretário de Obras do Rio de Janeiro.  Os repasses chegariam a R$ 4 milhões e teria envolvido o escritório da mulher do ministro do STF, a advogada Roberta Rangel. Casos de venda de decisão por magistrados são enquadrados como crime de corrupção passiva. Os escândalos envolvendo as altas Cortes de juízes e Desembargadores está em voga. Desde que o CNJ Conselho Nacional de Justiça foi criado, 20 (vinte) magistrados foram acusados da prática em todo o país, cinco deles apenas no Tocantins. A questão a ser observada é que nos Tribunais dos Estados as investigações andam e consegue-se atribuir a culpa aos incautos juízes.  A desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ- BA), Lígia Ramos Cunha, por exemplo, que está sendo investigada na Operação Faroeste – que apura a venda de sentenças para legalização de terras no oeste baiano – foi transferida para um presídio no Distrito Federal. De acordo com informações divulgadas pelo MPF, o mesmo pedido de prisão preventiva foi feito em relação à desembargadora Ilona Reis. No caso do STF, os Ministros participantes do coletivismo da impunidade certamente farão vistas grossas e não será surpresa se não aprovarão o pedido da Policia Federal para investigar as acusações contra o Ministro Dias Tofolli e a sujeira poderá ser varrida para debaixo do tapete. Esperamos que não. Tais ações do poder Judiciário, inclusive da mais alta Corte que deveria prestigiar a aplicação de Leis, moralidade e ética acabam por apontar o caminho do descaminho ocorrendo todo tipo de corrupção no Pais nos Estados e municípios. Os Estados da Federação serão alvos; espera-se, de investigações sobre os desvios de verbas astronômicas e que evidentemente chegarão aos municípios. Iremos assistir os reflexos dos desmandos e atitudes dos Guardiões da CF/88. O exemplo arrasta para o bem ou para o mal. Em Jaboticabal estamos assistindo a Administração Pública se debater para controlar o sistema de saúde através de ações na Secretaria de Saúde com a substituição da titular da pasta, remanejamento de auxiliares e técnicos de enfermagem nos CIAFs e promessa de melhorias para daqui a 15(Quinze) dias com a implantação do CAC 24 horas. Justiça seja feita, e em tempo, a população que é atendida na UPA é muito grata pelo desempenho dos funcionários, mesmo com precariedades estruturais os atendentes desenvolvem as atividades com muito esmero. A vacina chegou e está sendo aplicada na população de nossa cidade e enquanto não chega no seu braço, continue a manter a distância de segurança, utilizando a máscara de proteção e o álcool em gel evitando a aglomeração.
FALANDO SÉRIO
João Martins Neto *
*Dr João Martins Neto é Advogado e jornalista em Jaboticabal SP
facebook do autor e  Blog Aventureiros do Ar e EBC
*Dr João Martins Neto é Advogado e Jornalista em Jaboticabal SP