Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com.br Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
SERVIÇO ESSENCIAL, PÃO DE CADA DIA. Em meio a tantos decretos definindo quais são as atividades essenciais chega- se a conclusão de que o serviço essencial é aquele que põe comida na mesa. Não há como negar que sem o trabalho não existe possibilidade de uma sociedade sobreviver.  Todos nós já aprendemos que apenas isolar- se em casa não contribui em nada para a sobrevivência. Os cuidados sanitários são necessários mesmo estando dentro de casa. Não podemos esquecer que muitas famílias tem um número considerável de pessoas, de diversas idades convivendo em um cômodo e não há como evitar o contato direto. Lembrando ainda que estas famílias estão privadas de estruturas mínimas ambientais, físicas e suas condições de saúde são precárias. São muitas barreiras a ser vencidas. A maioria necessita do Sistema Único de Saúde, seu último bastião de esperança. O sistema está inchado, atendentes estressados pela jornada de trabalho, pacientes que são tomados pela impaciência das reiteradas remarcações de exames, esperas intermináveis para marcar exames, depois; para buscar o resultado.   O comércio e indústria precisam sobreviver e dar condições de sobrevivência aos seus funcionários e clientes, fazendo a roda econômica girar. É necessário produzir e trabalhar. Evidentemente com todas as cautelas de proteção que todos já sabem, mas muitos não se cuidam. As aglomerações estão acontecendo e sem os devidos cuidados tomando proporções gigantescas os casos de contágios pelo Covid-19. Em meio a tantas informações e desinformações, surge uma esperança de imunização em massa a “toque de caixa” com as mais diversas discussões, colocando inclusive em xeque a sua eficácia, dividindo opiniões de todos, até do judiciário. O que se precisa entender no meio de tudo e muito mais, é que o serviço essencial, é o que leva comida à mesa e não há como sobreviver sem o trabalho. È necessário a conscientização de todos de que medidas sanitárias ainda é o melhor remédio para manter o  equilíbrio entre a saúde pública e o trabalho. Higienizar as mãos, usar máscaras e evitar aglomerações é a receita para se evitar o contágio. É um privilegio estar vivo e contemplar mais um natal e a passagem de mais uma primavera. Neste ano, muitos perderam parentes, amigos e conhecidos. Grande parte destas perdas foi pela exposição inadequada. Manter o serviço essencial “Ganhar o pão de cada dia” e levar a comida para casa com os cuidados necessários é a única forma de continuar vivos.   
FALANDO SÉRIO
João Martins Neto *
*Dr João Martins Neto é Advogado em Jaboticabal SP
facebook do autor e Agencia Brasil e dominio público
CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
*Dr João Martins Neto é Advogado em Jaboticabal SP