Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com.br Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO AUMENTA RESTRIÇÕES NA QUARENTENA CONTRA O COVID 19 UM DIA APÓS AS ELEIÇÕES Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto ebc Jaboticabal, 30 de novembro de 2020 O Governo do Estado de São Paulo decretou que a partir desta segunda-feira dia 30 de novembro, o Estado estará novamente em fase amarela, para combater a epidemia de Covid 19. Isto fará com que o comércio volte a ter horário diferenciado para atendimento ao público. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva de imprensa no início da tarde de hoje dia 30, um dia após o segundo turno das eleições, para cidades com mais de 200 mil habitantes, Ou seja no final do período eleitoral. Com o retrocesso, os eventos com público em pé passam a ser proibidos e a ocupação máxima de shopping centeres, Galerias comércio e serviços passa de 60 para 40% da capacidade e o horário de funcionamento passa a ser reduzido de 12 para 10 horas.  Também nos restaurantes ou bares para consumo local a capacidade de passa de 60 para 40% e o horário de funcionamento será restrito a 10 horas por dia e com abertura no máximo até às 22 horas. A ocupação de salões de barbearias passa de 60 para 40% da capacidade e o horário de funcionamento passa de 12 para 10 horas por dia. Eventos convenções e atividades terão sua capacidade máxima limitada para 40% ao contrário dos 60% que estava sendo permitido, com controle de acesso assim como hora e assentos marcados.  As academias de esportes de todas as modalidades e centros de ginástica voltaram a permitir apenas 40% da ocupação do local e o horário reduzido também de 12 para 10 horas. De acordo com o plano Paulista, o plano São Paulo, cinemas teatros e museus podem permanecer abertos na fase amarela, no entanto as prefeituras têm autonomia para decidir o quê e quando deve reabrir uma atividade comercial. Na capital paulista por exemplo, o prefeito Bruno Covas reeleito ontem, determinou que a abertura dos setores de Cultura só ocorreria quando a cidade estivesse na fase verde. Em resposta à questionamentos deste site, sobre o porquê da coincidência da mudança do aumento de restrições no plano São Paulo, um dia após o período eleitoral, questionamentos feitos para a Assessoria de Imprensa do governador, sua Assessoria de imprensa respondeu enviando parte da entrevista coletiva do governador. Nela o Governador o governador do Estado João Dória, diz que o Governo do Estado de São Paulo não tem, não tem e não terá, nenhum interesse em transformar medidas de saúde em medidas políticas e eleitorais. Segundo o governador, as decisões são tomadas e amparadas pelo que a ciência determina, e isso foi feito depois da eleição porque estava determinado dentro do programa do plano São Paulo, “Não foi determinado pelo programa da eleição foi determinado pela saúde” (integra do vídeo enviado – parte que mostra a questão do porque a medida hoje, após o período eleitoral). Quanto aos dados da covid 19 que fizeram aumentar as restrições, a assessoria de imprensa enviou este link abaixo: https://www.saopaulo.sp.gov.br/planosp/simi/